sábado, 14 de abril de 2012

Inspiração de um Poeta

Já não quero mais manusear a caneta
E escrever sobre ninguém...
Não importa mais os meus sentimentos
Não interessa mais o quanto eu sinto

Quero encontrar um poeta que escreva
Versos sobre mim, que descreva o que sou...
Que descreva meu sorriso, minhas palavras, minhas vontades

Quero ser a inspiração do mais nobre poeta
Que esse respire, segure a caneta em sua mão
E no papel rabisque o amor que sente...

Que transcreva suas emoções a apenas me olhar...
Que um toque meu seja o motivo de muitas palavras
Que no encontro com esse poeta...
Eu possa dormir e acordar

E que a cada despertar pela manhã seja o motivo
Das mais belas palavras de amor
Quero ser a menina mulher que o poeta,
Procura desesperadamente...

A amada ao qual ele busca encontrar
Para preencher os espaços vazios
De um coração que deseja amar
Que este ame minha pele, a cor dos meus olhos
Os meus cabelos, o toque das minhas mãos

Que se apaixone por esse meu jeito bobo,
Pela minha risada e também quando estiver com raiva...
Mas que enxugue as minhas lágrimas
Quando ousarem cair e que me arranque de imediato
Sorrisos com seus versos engraçados

Enquanto não vem este poeta
Escreverei sobre ele e não vejo a hora
Desse momento chegar e me inebriar com tuas prosas e rimas
Fico aqui a imaginar-te, como as notas musicais

Notas que não vemos, mas sabemos que existem dentro
Das canções de amor e dentro de quem a compõe
Te espero e sei que será o encontro perfeito
Da mais bela poesia e do amor...

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Palestra com Altino Machado

E já no dia 06 de Dezembro tivemos um bate-papo com o blogueiro Altino Machado – jornalista acreano, ex-repórter dos jornais O Estado de S. Paulo, Jornal do Brasil e Folha de S. Paulo, para os quais trabalhou durante 10 anos, em Rio Branco, Goiânia, Brasília e Manaus. Faz o Blog da Amazônia, da Terra Magazine – que veio nos contar como foi a sua trajetória até agora. Foram momentos de pura distração e alegria.



Palestra Com Ivana Bentes



Dia 03 de Dezembro tivemos o prazer de participar de um bate-papo com a diretora da Escola de Comunicação da Universidade do Rio de Janeiro Ivana Bentes. Ela que é de Parintins e morou alguns anos de sua infância no Acre, voltou para participar do Festival Varadouro e a convite da Professora Aleta Dreves veio contar um pouco do seu trabalho e nos passar falar como é o trabalho que ela faz na UFRJ.
            Ela nos falou da importância de um Jornalista hoje em dia não ficar “amarrado” ao lead, pois a comunicação atualmente exige textos mais ousados. As palavras dela nos deram mais força para continuarmos seguindo o mesmo caminho trilhado por ela para o aperfeiçoamento.

Cybercultura...

Cybercultura e a relação estabelecida pela cultura ,informação e tecnologia de comunicação,sendo assim nada mais do que viver em sociedade tecnologicamente,e conectar-se com o mundo ,interagindo com outras pessoa sem sair de onde estamos, e poder criar e recriar o imaginário e ate mesmo partilhar dados usando apenas ferramentas digitais tornando assim ,a sociedade contemporanea ,mais dinamica.

O ciberespaço é o receptáculo de uma inteligência coletiva”...



Segundo o filósofo Pierre Levy, que se ocupa em estudar as interações entre a Internet e a Sociedade, os computadores interligados em redes mundiais podem favorecer o surgimento da Inteligência Coletiva.

Cibercultura um novo estilo da cultura tecnológica


* O ciberespaço. Uma alucinação consensual vivida quotidianamente por dezenas de milhares de operadores em todos os países... Uma representação gráfica de dados extraídos das memórias de todos os computadores do sistema humano. Uma complexidade impensável. Traços de luz dispostos no não-espaço do espírito"
W. Gibson


A cibercultura é fruto de novas formas de relação social. Esse fenômeno se deve ao fato de, nos meios comunicação modernos, pode haver a possibilidade de pessoas e equipementos trocarem informações das mais variadas formas.


Dentro desse espaço, existem várias redes socias, de compartilhamento de arquivos, músicas, jogos, chat, listas, blogs, twitter, email e várias outras formas de interação e troca de informações. Todas essas ferramentas de comunicação são utilizadas por pessoas de raças, classes sociais, religiões difentes. Que buscam um único objetivo, expressar suas ideias, tornar pública sua opinião em relação aos diversos temas que surgem na sociedade.

É nesse ciberespaço e através dessa relação nas redes telemáticas que está acontecendo o fenômeno planetário a CIBERCULTURA que segundo André Lemos " A cibercultura é produto da digitalização dos media, do advento de um fluxo de mensagens planetário, mudimodal e bidirecional, em que o receptor torna-se, também, um emissor potencial".


Os blogs são hoje umas das mais expressivas formas de comunicação da cibercultura." A cibercultura cria um novo estilo de cultura tecnológica. A vida social moderna foi concebida segundo imperativos da racionalidade administrativa e tecnocrática, cuja face emblemática é o que descrevemos como tecnocultura". André Lemos.


Finalizo dizendo que Cibercultura : não é a cultura dos fanáticos da internet, é na verdade, é uma transformação profunda da noção de cultura.


Apresentação


O Blog De Olho na Cibercultura é uma produção de caráter acadêmico. Desenvolvido para levantar questões relacionada à cibercultura, formetando assim, reflexões e debates. O blog será ministrado por acadêmicas do 5º período do curso de Comunicação Social/Jornalismo da Universidade Federal do Acre-Ufac. Criado para compor a nota de N2, na disciplina de Informatica Aplicada a Comunicação, mistrada pela professora Aleta Dreves.